Região do Norte

AMP e Cávado colocam o Norte de Portugal à frente no índice sintético de desenvolvimento regional

Indicadores do INE

Existem quatro sub-regiões (NUTS III) portuguesas que se situaram acima da média nacional em matéria de desenvolvimento regional global e é na Região do Norte onde se localizem duas dessas sub-regiões. A Área Metropolitana do Porto (AMP) e o Cávado destacam-se, segundo o INE, na leitura do Índice Sintético de Desenvolvimento Regional (ISDR) de 2018, que avalia as dimensões competitividade, coesão e qualidade ambiental.

Se observarmos cada uma das dimensões que constituem este índice calculado pelo INE, o Norte de Portugal ganha relevância redobrada em matéria de qualidade ambiental. Ainda que se analisarmos apenas os indicadores da competitividade, apenas a AMP esteja acima da média nacional, e se nos focarmos na coesão, surjam a AMP e o Cávado acima da média, em matéria de qualidade ambiental Terras de Trás-os-Montes aparece em primeiro lugar e as restantes sete sub-regiões do Norte acima da média nacional.