Saltar para o conteúdo principal da página

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte União Europeia

Menu Mobile

Durante a Fase 1 do projeto, que decorreu entre 01/01/2017 a 31/12/2019, foram realizadas as seguintes atividades no âmbito da parceria: 

  1. Mapeamento dos sistemas de monitorização em torno dos instrumentos de política visados pelo projeto; 
  2. Realização de iniciativas inter-regionais de intercâmbio de políticas; 
  3. Identificação de boas práticas e realização de visitas de estudo;
  4. Elaboração dos planos de ações regionais de melhoria dos instrumentos de política. 

A Fase 2, que decorre entre 01/01/2020 a 31/12/2021, visa a implementação e monitorização dos planos de ações regionais concebidos na primeira fase.

No caso do Norte, os instrumentos de política abrangidos pelo projeto visam a contratação de recursos humanos altamente qualificados previsto no Programa Operacional Regional do Norte 2014-20 (NORTE 2020) com o objetivo de qualificar o Sistema Regional de Inovação, melhorando as capacidades científica e tecnológica dos centros de investigação e de interface e a transferência de conhecimento para as PME.

Durante a primeira fase do projeto (2017-2019), promoveu-se o desenvolvimento da abordagem metodológica para a definição do sistema de monitorização da Estratégia de Especialização Inteligente do Norte (RIS3 NORTE) como um contributo para a melhoria da monitorização dos instrumentos de política abordados pelo projeto MONITORIS3. Este trabalho foi concluído com a publicação do documento “Norte Region Smart Specialisation Strategy (NORTE RIS3). A Monitoring System Methodological Approach for MONITORIS3 Project”, que teve em consideração o processo de partilha de experiências e boas práticas na conceção e implementação de sistemas de monitorização de RIS3 entre os parceiros do projeto. Refira-se que o trabalho desenvolvido pelo Norte no âmbito deste projeto relativo à abordagem metodológica para a estruturação do sistema de monitorização da estratégia regional de especialização inteligente foi considerado boa prática pela Interreg Europe Policy Learning Platform e encontra-se publicado no website da plataforma S3 da Comissão Europeia.

Ainda nesta fase foi desenvolvido o Plano de Ação Regional a ser implementado durante a segunda fase (2020-2021), aprovado em março de 2020 pelo Secretariado Técnico do Programa INTERREG EUROPE. Este plano visa a melhoria da monitorização dos instrumentos de política relativos à contratação de recursos humanos altamente qualificados do NORTE 2020, devidamente enquadrada no sistema de monitorização da RIS3 NORTE, tendo como objetivo duas dimensões de melhoria de políticas, designadamente:

  • Melhoria da capacitação institucional na monitorização de instrumentos de política, através da recolha, sistematização e análise de informação sobre a monitorização do instrumento de política visado pelo projeto e outros instrumentos de política relacionados, bem como através da realização de um teste a um novo método de recolha e medição de indicadores sobre atitudes de inovação das PME;
  • Melhoria do modelo de governação, através do envolvimento dos principais stakeholders no acompanhamento do instrumento de política previsto pelo projeto, devidamente enquadrado no sistema de monitoração da RIS3 NORTE, de forma a produzir recomendações relevantes para o seu aperfeiçoamento.

Para cumprimento desta segunda dimensão de melhoria, foi constituído um Grupo Regional de Stakeholders do projeto MONITORIS3. Este grupo assegura que o nível de aprendizagem interregional não ocorre apenas ao nível individual da instituição participante no projeto mas também ao nível dos stakeholders relevantes da região. Deste modo, o envolvimento dos stakeholders é efetuado, nomeadamente, através da organização de reuniões tendo como objetivo partilhar o trabalho desenvolvido e as lições aprendidas no âmbito do projeto, bem como permitir que cada stakeholder possa contribuir com propostas de melhoria dos instrumentos de política. Este grupo de stakeholders regionais é assim responsável por acompanhar a monitorização do plano de ação regional a ser implementado na segunda fase do projeto.

Voltar ao Topo da Página