Saltar para o conteúdo principal da página

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte União Europeia

Menu Mobile

Os dados do estudo da Universidade do Porto agora divulgados convergem com os indicadores e as projeções da CCDR-NORTE. O encerramento da refinaria da Petrogal em Matosinhos tem impactos locais e metropolitanos expressivos, no plano do emprego e do produto económico, afetando ainda outras atividades e cadeias de valor na Região e no País.

A CCDR-NORTE tem acompanhado com preocupação este tema, em diálogo estreito com o Município de Matosinhos, e está empenhada em participar na definição das melhores respostas sociais, ambientais e económicas, e de um novo projeto estratégico para o local. Este projeto terá mobilizar vários agentes públicos e privados, competências económicas e científicas, começando pela empresa que detém os direitos da propriedade.

Esta é uma questão local e metropolitana, mas também regional e nacional. Pela relevância económica e social do encerramento desta operação, mas também pelas oportunidades que se abrem na resolução de um passivo ambiental importante e na valorização socioeconómica, urbana e paisagística de um território privilegiado no contexto metropolitano e regional.

É neste sentido que devemos trabalhar, de modo concertado, aproveitando desde logo os apoios do Fundo Europeu de Transição Justa e contribuindo para substituir, em termos mais sustentáveis e estratégicos, as perdas de emprego, atividade e produto económico registadas.

Este é um dos casos em que um problema pode e deve ser encarado como uma oportunidade histórica.


26 de julho de 2021
António Cunha, Presidente da CCDR-NORTE

Voltar ao Topo da Página