Está em consulta pública, entre 29 de junho e 24 de julho, o procedimento de Avaliação de Incidências Ambientais do “Projeto do Sobreequipamento do Parque Eólico de Lagoa D. João e Feirão”, localizado em Resende.

Este projeto, que tem como objetivo a produção de energia elétrica a partir de uma fonte renovável e não poluente – o vento, contempla a instalação de mais um aerogerador no Parque Eólico de Lagoa D. João e Feirão, o qual atualmente é constituído por 17 aerogeradores. A energia produzida neste novo aerogerador será escoada por cabos elétricos subterrâneos que ligam à subestação existente.

Toda a documentação que compõe o Estudo de Incidências Ambientais, incluindo o Resumo Não Técnico, encontra-se disponível online, para consulta, no portal Participa.