Investimento

CCDR-N acolhe sessão de apresentação de novos Laboratórios Colaborativos

22 julho

A CCDR-N acolheu, a 22 de julho, a sessão pública de apresentação de cinco novos Laboratórios Colaborativos (CoLAB), entidades com personalidade jurídica que juntam unidades de investigação, instituições de ensino superior, empresas e associações empresariais, instituições intermédias e de interface, bem como centros tecnológicos. O objetivo é reforçar parcerias entre instituições para estimular a implementação de projetos internacionais e a criação de emprego científico qualificado.

Aos 21 CoLAB já existentes, cujo título é atribuído pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, juntam-se cinco novas entidades em áreas como a energia, o agroalimentar, a produção animal, bem como arquitetura, engenharia e construção. Tal como nas estruturas já em funcionamento, a Agência Nacional de Inovação é responsável pelo acompanhamento das atividades dos CoLAB.

“É um momento importante para a política pública da ciência, só possível com o casamento com os fundos europeus, através dos programas regionais”, destacou Freire de Sousa, Presidente da CCDR-N, referindo-se ao apoio comunitário à contratação de recursos humanos qualificados. Nas palavras do Ministro do Planeamento, Nelson Souza, este apoio continuará a ter reflexo no próximo período de programação 2021-2027.

De acordo com o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, o financiamento de fundos europeus previstos para um período de três anos deverá alavancar um investimento por parte dos CoLAB de 210 milhões de Euros.