Missão Douro

CCDR-N lança Prémio de Arquitetura do Douro

Candidaturas até 31 de janeiro

A CCDR-N lançou hoje na vila duriense do Pinhão, concelho de Alijó, a nova edição do Prémio Arquitetura do Douro, que há 10 anos visa distinguir e promover boas práticas de arquitectura nesta região, e dirige-se a intervenções de construção, conservação ou reabilitação de edifícios ou conjuntos arquitetónicos, bem como intervenções de desenho urbano em espaço público, feitos depois da classificação.

Ricardo Magalhães, vice-presidente da CCDR-N, afirmou que, desde o primeiro momento, "as intervenções arquitetónicas a concurso são uma excelente amostra que, no Alto Douro Vinhateiro, a proteção da paisagem não significa ter o território numa redoma ou vitrina, que não se pode tocar nem viver". "Estamos sim num território vivo e evolutivo, que sabe tirar proveito das suas características para se promover”, rematou.

O dirigente defendeu ainda que a região, como Património Mundial, “tem sabido evoluir e tem sabido respeitar os seus valores fundamentais. São 15 anos de Alto Douro Vinhateiro Património Mundial e são 10 anos de Prémio Arquitetura do Douro. Tempo suficiente para nos orgulharmos do caminho que este território tem percorrido”.

O lançamento contou com a presença de Cláudia Costa, Presidente da Ordem dos Arquitetos da Secção Regional Norte, que salientou o facto de este Prémio ser “uma referência fundamental para a história da arquitetura da Região Demarcada do Douro” e frisou que “reflete-se para as novas gerações como uma nova forma de intervir no território”.

Nesta sessão esteve ainda presente Cristina Felgueiras, vereadora da Câmara de Alijó, que entende este concurso como uma forma de promover o Douro também “como região turística, o que é muito importante.”

O prazo de candidaturas decorre até 31 de janeiro de 2017, sendo o nome do vencedor divulgado a 18 de abril, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios. Com periodicidade bienal, esta iniciativa conta com a parceria da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional do Norte, Direção Regional de Cultura do Norte e Entidade Regional de Turismo Porto e Norte.