Cooperação

II Prémio Literário Nortear distingue jovem português

«Nós, arquipélago», Rui Cerqueira Coelho

O vencedor do II Prémio Literário Nortear é um jovem português. Rui Cerqueira Coelho foi eleito, por unanimidade, com a obra «Nós, arquipélago».

O evento, promovido pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal, pela Conselhería de Cultura, Educación e Ordenación Universitaria da Junta da Galiza e pela Direção Regional de Cultura do Norte, visa promover o lançamento de novos escritores, incentivando a produção de obras inéditas no domínio da ficção; incentivar a criatividade literária entre os jovens escritores residentes na Euro-Região Galiza - Norte de Portugal e fomentar a circulação e distribuição de obras literárias além-fronteiras.

Esta segunda edição contou com 30 trabalhos a concurso, tendo o júri destacado a obra do jovem português pela gestão da temporalidade, “a partir de uma percepção interior, que o passado e prospecção do futuro como vazio e como mistério difícil de assumir se unem para definir interiormente um ser que toma consciência da sua existência e da sua limitação como pulso vital ".

Recordamos que na primeira edição do prémio, a vencedora foi a galega Lara Dopazo Ruibal, pela obra "Clementina", que acaba de ser editada numa publicação que inclui também o relato que recebeu a menção honrosa "Coração cheio de nada”, da autoria do português João Maria Cardoso.