Cooperação

CCDR-N marca presença no Fórum “Nova Economia”, em Madrid

Eurorregião Galiza-Norte de Portugal

A Presidência da CCDR-N marcou hoje presença no Fórum "Nova Economia", que decorreu em Madrid. A sessão pretendia sublinhar a imprescindibilidade de um reforço do Corredor Noroeste do Atlântico. O investimento necessário nesta ferrovia, que compreende ainda as ligações a Castela e Leão e ao Principado das Astúrias, terá um custo de cerca de 3 mil milhões de Euros. Com sete portos associados, o Corredor do Noroeste do Atlântico revela-se a porta de entrada para a Europa de grandes navios que vêm da África e da América, o Noroeste, argumento utilizado pelos três governos espanhóis para defender a necessidade de implementação deste projeto à escala europeia.

A sessão serviu para destacar a importância da cooperação entre o Norte de Portugal e a Galiza, assim como para dar nota à União Europeia da importância na posta da linha Vigo-Porto. Ao todo, na Eurorregião Galicia-Norte de Portugal, vivem cerca de 6 milhões e meio de cidadãos, o que, juntamente com a sua orla costeira, faz do Noroeste Peninsular um importante ponto de intercâmbio de mercadorias. Segundo a última análise, este perfaz mais de 3.100 milhões de Euros em exportações e mais de 1.800 milhões Euros em importações.