Região do Norte

Norte sobe no ranking e torna-se região inovadora “forte”

Regional Innovation Scoreboard

Na edição de 2019 do Regional Innovation Scoreboard, a Região do Norte sobe no ranking e evolui de região “Inovadora Moderada+” para “Inovadora Forte-“. Das 238 regiões europeias avaliadas, o Norte é a 100ª região mais inovadora, ficando melhor posicionada do que todas as regiões de Espanha e de Itália. Em Portugal, apenas a Região do Centro e a Área Metropolitana de Lisboa registaram uma classificação semelhante.

Dos indicadores considerados no Regional Innovation Scoreboard, a Região do Norte destaca-se, no contexto europeu, por acolher pequenas e médias empresas que investem em atividades inovadoras por via da aposta em novas tecnologias, por exemplo com a aquisição de máquinas e equipamentos, e que desenvolveram novos produtos ou processos. Já o elevado registo de marcas e de design, em função da dimensão da economia regional, destacam-se e colocam a Região do Norte no 19º lugar no que diz respeito ao indicador relativo ao número de marcas registadas e no 25º lugar no registo de design.

O Regional Innovation Scoreboard dá, ainda, nota que no Norte de Portugal a colaboração entre o setor público e o setor privado é baixa na coautoria de artigos em publicações académicas, assim como é reduzido o pedido de patentes internacionais junto do European Patent Office (EPO). Este último indicador está muito relacionado com a forte especialização produtiva da Região do Norte em setores como o têxtil, o vestuário e o calçado, em que o registo de marcas e de design assumem maior importância.