A CCDR-N acolhe a 23 de janeiro um grupo de especialistas do setor Agroalimentar com o objetivo de recolher contributos para a elaboração da Agenda Regional da Economia Circular. A reunião servirá para identificar oportunidades de aceleração e transição para a utilização mais eficiente e sustentável dos recursos.

O objetivo é criar redes colaborativas para a implementação de ações ou iniciativas conjuntas e mecanismos de investimento coordenado. Contribuem, igualmente, para a Agenda Regional outras áreas temáticas intensivas no uso de matérias-primas como as cidades, a construção, o metabolismo regional, os resíduos de construção e demolição, o têxtil e os transportes.