Investimento

“ON.2 – O Novo Norte” é o primeiro programa português a encerrar

2007/2013

O “ON.2 – O Novo Norte” (Programa Operacional Regional do Norte 2007/2013) foi o primeiro programa regional português a encerrar com a validação, por parte da Comissão Europeia (CE), de todos os documentos apresentados pela CCDR-N, Autoridade de Gestão deste instrumento financeiro de apoio às instituições e empresas do Norte de Portugal.

O encerramento, comunicado em dezembro pela CE, resulta da aplicação nos últimos anos de um envelope financeiro de 2,7 mil milhões de Euros em iniciativas que tornaram a região mais competitiva e dinâmica. Para comunicar a absorção plena de todo este montante, a CCDR-N lançou em 2017 a campanha de comunicação “O Norte Somos Nós” onde destaca o empenho e a resiliência dos seus promotores no alcance dos resultados positivos obtidos. Dos cerca de 3.500 beneficiários, a campanha destaca numa exposição, num livro e em vídeos testemunhos de uma amostra de 45 promotores. Na materialização destes testemunhos, há uma forte presença de espelhos de modo a que os visitantes e os leitores se sintam parte do universo de pessoas apoiadas pelos fundos europeus.

Recorde-se que o “ON.2 – O Novo Norte” permitiu a criação de 7 mil novos empregos criados, a criação de mais de 600 novas empresas, o apoio a mais de 500 projetos empresariais de I&DT, o lançamento de 100 novos exportadores, assim como a construção de 375 novas escolas para um conjunto de 135 mil alunos. Foi, igualmente, possível apoiar 70 intervenções de defesa de espaços naturais, tanto na orla costeira como em parques naturais, e reabilitados 70 núcleos urbanos.

Mantendo-se o Norte de Portugal como uma região de convergência, a aposta da Comissão Europeia no apoio ao território tem continuidade com a aplicação do NORTE 2020 para o ciclo comunitário 2014-2020.