Agenda

Sexta, 24 março, 2017

UTAD atribui Honoris causa a Miguel Cadilhe por candidatura do Alto Douro Vinhateiro a Património Mundial

Miguel Cadilhe, doutor Honoris causa pela UTAD

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai atribuir o grau doutor Honoris causa a Miguel Cadilhe pelo papel muito ativo na dinamização da candidatura à UNESCO do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial. A cerimónia realiza-se a 24 de março e evocará as responsabilidades do especialista no processo de candidatura.

Passados 15 anos da classificação como paisagem cultural, evolutiva e viva, a sessão servirá para destacar a dinâmica económica e cultural que tem vindo a ser gerada na região como resultado do reconhecimento deste território.

Recorde-se que a UTAD tem vindo a homenagear personalidades que contribuíram para a atribuição da chancela da UNESCO: Valente de Oliveira pelo papel no PDRITM e na navegabilidade do Douro, Luís Braga da Cruz pela forma equilibrada como compatibilizou o desenvolvimento económico, social e patrimonial e João Nicolau de Almeida e Francisco Olazabal, enquanto enólogos e empreendedores.

Saiba mais em www.utad.pt.